Novidades para os ansiosos por The Last of Us.

The Last of Us dublado

Como já é sabido de quase todos, dia 14 (sexta-feira) lança oficialmente o tão esperado The Last of Us, o jogo produzido pela Naughty Dog e exclusivo para Playstation, é uma espécie de Uncharted para ‘gente grande’ segundo alguns críticos. A trama se passa em um cenário pós-apocalíptico, onde quase toda a população foi atingida por um fungo deixando-os em estado de zumbis, os gráficos claro, são impressionantes e a série promete fechar a era PS3 com chave de ouro.

Mas agora vamos ao que interessa:

Pra quem, assim como eu, está super ansioso para poder experimentar esta maravilha, a Sony foi querida e liberou o demo, PORÉEEM, como nem tudo são flores, o demo só poderá ser baixado se você tiver comprado o God of War: Ascension. Como faz? Loga na tua PN, abre GoW Ascension (se você assim como eu já virou ele a um tempinho e não mexeu mais, terá uma suave atualização de quase 1GB), e ao entrar você verá que no canto inferior esquerdo aparece a opção para apertar quadrado e ser redirecionado para a Playstation Store para poder baixar o demo. Depois disso, é só alegria! Aliás, vou ali testar e depois eu falo o que achei!

Vi no Gamer Sith

Anúncios

Novos anúncios da Microsoft

Eis que a Microsoft, depois de inúmeras reclamações sobre as restrições para o seu novo console, surge com uma resposta para os críticos, que provavelmente não irá agradar muito aos fãs. Em entrevista a Spike TV, o presidente da divisão do Xbox, deixou claro, que “a empresa tem sim um console para uso offline, e que o nome dele é Xbox 360. Se você tem zero acesso à internet, o 360 é um dispositivo offline”. Mattrick diz que leu as críticas à necessidade de conexão e até viu alguém comentando que vive em um submarino nuclear, onde é praticamente impossível ter acesso à internet.

A decisão de exigir o acesso do console a internet uma vez a cada 24 horas, foi tomada com o intuito de aliviar o processamento interno do Xbox One, fazendo a conexão necessária até mesmo para uma partida single-player offline. A utilização do recurso, no entanto, tornará impossível a jogatina offline. Porém, pelo menos a princípio, apenas alguns jogos utilizarão isso.

Parece que o presidente da divisão não aprendeu nada com a demissão do seu antigo chefe, Adam Orth, ex-diretor da empresa que foi demitido após publicar em seu twitter que ‘vivemos em um mundo online’ e que não entendia por que tanto drama em cima de um dispositivo com conexão obrigatória.

Ao que tudo indica, as provocações entre a Sony e  a Microsoft não irão parar tão cedo, uma vez que a primeira levou o público a loucura, ao anunciar que seu novo console não terá restrição a jogos usados nem necessitará de conexão a internet.

Resumão: Abertura da E3

Bom, para ‘inaugurar’ esta página nada melhor do que um resumão da abertura (10-06) da maior feira de games do PLANETA, a E3-2013, que aconteceu em Los Angeles, Estados Unidos.

Como esperado, este ano foram apresentados os novos consoles da Sony e da Microsoft, PS4 e Xbox One, respectivamente, e também as novidades em jogos para 2013, empresas como a Ubisoft e a EA também fizeram suas apresentações.

Microsoft – 13:30 

Imagem

A responsável pela abertura da feira este ano, foi a Microsoft,  que voltou a apresentar seu novo console, o Xbox One, que será lançado em Novembro, com o valor de US$499,00, este chegará ao Brasil, pela ‘bagatela’ de DOIS MIL E DUZENTOS REAIS, sim, se pegarmos esse valor e convertemos para dólares dariam US$1029,72, ou seja, poderíamos comprar dois consoles com o valor de um, mas isso não é possível graças as nossas lindas taxas de importação, impostos, etc, etc, etc…

Voltando ao que interessa, jogos como Ryze: Son of Rome (exclusivo para Xbox One e lembrando uma interessantíssima mistura de Gears of War e God of War), Killer Instinct,  o esperado Forza Motorsport 5Sunset Overdrive, Minecraft (com novos mapas e funcionalidades), D4 (exclusivo), Quantum Break, Project Spark, Crimson Dragon, DeadRising 3, The Witcher 3: Wild Hunt (com funções específicas para o Xbox One), claro, o queridinho Battlefield 4 (com um vídeo de gameplay com SESSENTA QUADROS POR SEGUNDO e com DLC’s exclusivas para o console), Frostbite 3, Below, Halo 5(que chegará somente em 2014), e TitanFall (dos mesmos criadores de CoD), Metal Gear Solid 5: The Phantom Pain (com o retorno de Snake), foram apresentados com gráficos incríveis, deixando todos os apaixonados por jogos, com água na boca. Porém lembrando, das restrições a jogos usados, conexão permanente e restrição a jogos Indie. Outra coisa que chamou muito a atenção dos espectadores, foi a possibilidade de transmissão de partidas ao vivo, através da Twitch TV!

Para poupar vocês de uma leitura muito longa e cansativa, apenas colocarei os títulos apresentados pelas produtoras EA e Ubisoft.

EA – 17h

Anunciou: NBA Live 14, Madden 14, FIFA 14 e UFC (na parte dos jogos esportivos), no resto, foi anunciado: Plants vs Zombies: Garden Warfare, Peggle 2, TitanFall, Star Wars: Battlefront, Need for Speed: Rivals, Dragon Age Inquisition, Battlefield 4, Mirror’s Edge 2, e fugindo dos ‘jogos’ foi apresentado também o trailer do filme Need for Speed.

Ubisoft – 19h

Foram anunciados: Rocksmith 2014, Splinter Cell: Blacklist, Rayman Legends, The Mighty Quest for the Epic Loot, SOUTH PARK: THE STICK OF THE TRUTH (sim o caps foi proposital, por que né, é South Park!), The Crew, Watch Dogs, Just Dance, Rabbids Invasion, Assassin’s Creed IV: Black Frag, Trials Frontier (celulares) eTrial Fusion (consoles) e The Division.

E A TÃO ESPERADA: CONFERÊNCIA DA SONY – 22h.

Imagem

Vamos lá, uma das primeiras preocupações da Sony, foi anunciar que o PS4, assim como o Xbox One, também terá ligação televisiva e várias outras funcionalidades, incluindo o compartilhamento de partidas através do botão ‘share’, não deixando a desejar quando comparado ao Xbox, inclusive ambos possuem consoles muito parecidos.

Depois da semelhança, vêm as diferenças, claro:

A Microsoft rejeitou jogos Indie? Então a Sony foi lá e arranjou vários para a lista, como: Don’t Starve, Mercenary Kings, Octodad 2, Secret Punches, Ray’s Dead, Outlast e Transistor.

A Microsoft restringiu jogos usados? Acho que este ‘tutorial’ da Sony esclarecerá suas dúvidas. Aliás, foi este comercial que levou a plateia a loucura, fazendo a Sony ser aplaudida em pé. 

E para o nocaute ser completo: O PS4 custará $100 dólares a menos que o rival, os preços no Brasil, ainda não foram divulgados.

E os jogos? Sim, tiveram vários, exclusivos (The Order 1886, Driveclub, Infamous Second Son, Killzone Shadow Fall e Knack) e outros como: The Dark Sorcerer, Final Fantasy XV, Kingdom Hearts 3, Assassins Creed IV: Black Flag, Watch Dogs, NBA 2k14 (rival do NBA Live 14, da EA), The Elder Scrolls ONLINE, Battlefield 4, Mad Max, Destiny, Diablo III.

Porém como nem tudo é perfeição, o PS4 traz uma má notícia, jogos multiplayers irão requerer assinatura da PlayStation Plus, que custa $17,99 dólares (aproximadamente 38 reais) por três meses, porém esta oferece várias vantagens, como baixar jogos de graça, etc. E já que estamos comparando, vale lembrar que a assinatura da Xbox Live Gold também é necessária para jogar no modo multiplayer e custa $34,99 dólares por 3 meses.

CONSIDERAÇÕES FINAIS: Dia 11 pela manhã, houve a conferência da Nintendo, com o anúncio de jogos clássicos como DK, Pokémon X e Y, Super Mário 3D World, The Legends of Zelda, dentre outros, se der, logo logo faço um resumo desta. Também foram apresentados jogos como GTA V, The Last of Us, Batman: Arkham Origins, Gran Turismo 6, Beyond: Two Souls, Rain, Puppeteer, que serão lançados para PS3. Também foi anunciado um PS3 de 4GB no valor de $199 dólares.

Espero que vocês tenham gostado, assim que tivermos mais informações sobre valores e jogos, eu irei atualizando este mesmo post. Por favor, compartilhem e deixem sua opinião, ela é de grande valia. Até mais.

P.S: Se vocês tiverem interesse por algum jogo em especial e tiverem dificuldade de achá-lo no post Ctrl+f pode lhe ajudar. E se quiserem a resenha de algum jogo específico, deixem nos comentários que tentarei fazer o mais rápido possível!

Fonte: Super Novo

Por que eu criei um Blog?

Por que eu criei um blog (de novo)? Bom, não sei. De repente seja pelo mesmo motivo que faz com que várias pessoas queiram um blog, ou de repente somente por que gosto de escrever e meu curso não me dá esta oportunidade, ou ainda, por que preciso de alguém que me escute. Não sei mesmo. Acho que as duas últimas possibilidades são as mais válidas. Cálculos, e cálculos, e as minhas notas 10 em redação ficaram no Ensino Médio mesmo, junto com os poucos amigos que ainda me sobravam. Ok, parei com o drama. Enfim, mais que um blog, pretendo fazer com que isso se torne uma espécie de diário, ou de repente um lugar onde armazeno tudo o que acho legal, pra que se um dia eu quiser ‘relembrar’ ou ‘reviver’ vai estar tudo em um arquivo, pode ser também que isso vire só uma página chata onde vou poder escrever o que quero e o que gosto, só pra não esquecer como se faz, ou pode ser que eu desista em algumas semanas.  Espero que gostem.